segunda-feira, setembro 19, 2011

BIRRAS: A Saga

Pois é, as férias e logo de seguida o ter ficado doente agravaram o mimo e puseram ao de cima todo o mau feitio que a minha filha tem.

Quando é contrariada, ou lhe tiramos alguma coisa da mão porque está a fazer o que não deve, ou se queremos que ela coma ou a obrigamos a fazer alguma coisa contra vontade, começa aos 'coices' e a berrar... :(

Ontem, antes de virmos de viagem, almoçamos pelo Algarve. Ela tinha fome e sentou-se à mesa. Assim que tento começar a dar a sopa desata num berreiro horroroso, que parecia que eu era a pior mãe do mundo.

Sei que as birras fazem parte do crescimento e desenvolvimento das crianças, e há algumas que tento tolerar, mas se há coisa que nunca gostei de ver, foi os desgraçados dos pais a tentaram fazer alguma coisa e os 'bichinhos' a espernearem e gritarem :(

Pois foi precisamente o que me aconteceu! Ela a espernear, gritar e chorar e eu a agarrá-la e a mandar vir que lhe ia dar uma palmada se ela não parasse... :( Quem me conhece sabe que a paciência não é algo em abundância no meu feitio, mas nestas situações, em que ela me testa os limites, não me consigo controlar :(

O R. tentou acalmar-me e acabou por levar por tabela... até que desisti e desatei a chorar... Já o restaurante todo estava a olhar para ela e para mim....

Não conseguia parar de chorar e tentar perceber onde estou a falhar... ela estava numa fase em que comia lindamente, nunca mais tinha rejeitado o comer, mas desde que ficou doente novamente que nunca mais foi a mesma coisa... Ela precisa comer e custam-me aqueles olhares e comentários 'não te preocupes, ela quando quiser come, ela está bem', porque ela está a crescer e foi muito difícil recuperar o peso que perdeu com o internamento, e preciso que ela coma bem...

Foi de tal ordem que no final do almoço, umas Srªs simpáticas vieram ter comigo para que me acalmasse porque senão quem ficava doente era eu... :(

No fim, quis pão. Comeu. Depois colher após colher comeu a sopa toda, umas 4 colheres de bacalhau cozido e um boião de fruta....

Quando olho para ela, vejo a bebé que sempre desejei e mais não podia pedir, mas fico tão triste com estas birras que fico de rastos... Será que estarei a falhar como mãe e na educação que lhe quero passar? Porque motivo ela recusa comer, quando comia tão bem? Porque motivo tento ter calma e não consigo e fica mesmo fora de mim?

Quem passa ou passou por isto tem alguma sugestão?

7 comentários:

Filipa Serrão disse...

Oh Ana até fiquei com lágrimas nos olhos. Infelizmente parece que é normal da idade, mas só quando nos vemos no meio de uma cena dessas sabemos que a paciência se consegue perder muito depressa. E deves andar mesmo muito cansada para teres começado a chorar, mas percebo o teu desespero. É que não há nada que as cale, não é? Tentamos acalmar, falar baixinho e nada e a certa altura estamos todos aos gritos e ela ainda grita mais. Como digo a mim mesma: respira fundo 3 vezes. A Carolina é linda, saudável e cresce a olhos vistos, tens feito um trabalho fantástico e nunca penses o contrário, simplesmente há coisas que não conseguimos controlar e temos de aceitar que é assim e tentar resolvê-las da melhor forma possível.
Um beijinho muito grande.

Nádia disse...

ola tenta nao stressar tanto eu tenho um carneirinho e é de levar uma pessoa a loucura e eu estou todo o dia com ele ve la tu tenho que ter uma paciencia de jo que nem sempre é facil....e ele agora ta entrar naqueloa fase que nao sabe pedir as coisas por ainda nao saber dizer o nome entao so sabe gritar é demais, e eu ainda nao consigo que ele coma um 2º prato ve la é um esquesito mete tudo fora da boca e eu vicio terrivel que ele tem é tar a mesa e atirar com o pao por exemplo q ta comer...passou me completamente ve la tu mas o que vou fazer?bater?nem pensar as vezes leva palmadas mas nem isso resulta pois ele a dias que já estica a mao depois de fazer asneiras pa levar tatau :) é demais...penso que com o tempo eles mudam e nunca pesei tambem que ser mãe era tão dificil...mas eles vão mudar de certeza....em relação a ti já pensas te se não poderás estar com uma depressão?tenta falar com o médico e cerca disso..as vezes não é nada facil...beijinhos pas duas que corra tudo pelo melhor...

Su disse...

MEDO... o que me espera. Como não tenho experiência, não te posso ajudar, mas é com certeza uma fase muito passageira, esperemos.

Estrelinhakitty disse...

Oh meu anjo revejo me em cada palavra tua... como eu te compreendo a serio... as vezes tenho a sensação que só me acontece a mim...
A Matilde tbm é assim... as vezes ate costumo dizer fogo parece que alguma bruxa nos viu... Há dias que come bem outros que chora desalmadamente...ha dias que anda bem no carro outros esperneia se toda e sufoca o choro... ao supermercado pr exemplo nao a posso levar pois quer tudo para a mao e se nao lhe dou atira se para o chao... Outro filme e para dormir da 00.00 e ela acordada e porque? porque se a tento adormecer sufoca o choro e fica roxa...olha estes momentos esgotam a paciência a qualquer um ms miga ha que aguentar e apenas uma face mais complicada...embora seja precisa mt força ai isso é... beijo grande

gaiatA disse...

Amiga, isso acontece com cada uma de nós, umas são mais birrentas outras menos.. mas faz parte do crescimento.

Elas testam o nosso limite e depois ou cortas no inicio ou então depois é mais difícil de controlar..

A minha filha comigo não faz metade das coisas que faz com o pai.. comigo sabe que eu detesto certas coisas e que não tenho muita paciência para birras e o pai é mais "deixa andar".. até ao dia que ela o deixará cheio de vergonha no meio dos outros.

Um beijo nosso *

Maria João disse...

Ana toca-nos a todas acredita em mim! E é mt fácil perdermos a paciência! A Mia passou exactamente uma fase assim em que demorava horas a comer a sopa. Não comia de forma alguma. Até as papas recusava, que antes tanto gostava. Toda a gente me dizia exactamente o que referiste, para não insistir, mas o meu feitio não me permite:) Mas pronto, deixamos uns dias de lhe dar sopa e foi remédio santo. Voltou a comer normalmente. São mesmo fases que vão e vêm.
Qt às birras, são o mais normal do mundo e não tás a falhar em nada como mãe, acredita em ti. Fazem parte do crescimento, deixam-nos loucas, mas temos de levar com elas, respirar fundo e ser firme. Todas passamos pelo mesmo. Faz parte do crescimento, da maternidade, etc. São coisas normais. Temos de nos lembrar de pais que têm os filhos doentes e que adorariam ver uma birra. Isso sim, são problemas!
Um bjinho e força.

Marina disse...

São todos assim. O meu Manuel tão depressa se senta à mesa e come tudo sozinho, como outros dias tenho de lhe dar a refeição toda na boca. A Carmo a mesma coisa, uns dias come tudo sem refilar, noutros arma birra do início ao fim da refeição e só a muito custo e com toneladas de paciência é que consigo que coma alguma coisa.
O nosso pediatra aconselha que nunca se force uma criança a comer nem se arranje distrações para a fazer comer, se não come bem nesta refeição comerá melhor na próxima. Mas eu não consigo conceber lá muito bem esta teoria e acho que pelo menos alguma coisa têm de comer, nem que seja só um prato de sopa.
É verdade que muitas vezes nos tiram do sério. Se calhar só por causa de uma refeição não valia a pena armar o circo no restaurante, mas olha, já está, já está, paciência! :)
Beijinho

Lilypie Third Birthday tickers

Lilypie Fourth Birthday tickers